Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



leite2.jpg

Eu adorava leite, bebida diariamente meio litro, com cereais, sem cereais e não imaginava o meu pequeno almoço sem a minha chávena de leite, podia não comer mais nada (ERROOOO) mas leite era certinho. O que é facto é que ficava sistematicamente enjoada, com sensação de enfartamento e mais tarde os sintomas começaram a agravar-se. Depois de ler alguns estudos que relacionam inequivocamente o consumo de leite com o aparecimento de alguns problemas oncológicos e processos inflamatórios generalizados (e antes que os mais resistentes venham aqui dizer que esses estudos são pagos por industrias que estão contra o sector leiteiro... não não era nada disso, são grupos de investigação independentes) decidi deixar de beber leite e já lá vão 10 anos! Nem mais uma gota, de um dia para o outro... E é um clássico eu sei mas é absurdo quanto a mim o consumo de leite que os humanos fazem, somos o único mamífero que "mama" até morrer e ainda por cima consome leite de outros mamíferos cujo regime nutricional é completamnete diferente. A vaca é um ruminante e nós bebemos leite de ruminantes quando somos homínivoros, isto não faz sentido, não faz qualquer sentido e tivessemos nós uma dieta equilibrada rica em leguminosas, fruta e vegetais que não precisariamos do suposto cálcio que o leite publicita, nem dos suplementos de cálcio que meio mundo consome! Já para não falar das condições em que os animais são colocados para produzirem sistematicamente quantidades infindáveis de leite... sim isso preocupa-me e tento ao máximo  não consumir qualquer produto que contenha leite de vaca.

 

Bom mas quanto a mim, os primeiros tempos sem leite foram um filme, não sabia o que comer, não há dúvida que o hábito faz o monge e neste caso o pequeno-almoço lá em casa sempre fora do mais convencional... pão, leite, chá, fruta... eu não sabia que outras coisas comer. Atirei-me de alma e coração aos yogurtes liquidos, concretamente yogui de banana (ERROOOOO). Por cada 100g têm 12,5g de açúcar, uma verdadeira bomba de péssimo valor nutricional! 0g de fibra e apenas 3g de proteína! E não tardei a enjoar (puderaaaaa) e a começar a procurar alternativas mais saudáveis, nomeadamente os sumos de fruta (caseiros claro) e chás que nessa altura me ajudaram bastante. Aos poucos a coisa foi melhorando e hoje os produtos lácteos são consumidos com conta, peso e medida.

 

Mas eu adoro queijo, sim aqui me confesso é a única coisa em que verdadeiramente me custa não pecar, mas já consigo gerir bem melhor o consumo! Eu não quero de todo que a proteína de origem animal preencha uma parte assim tão significativa da minha dieta e além disso sei que, a gordura animal é terrivel para a saúde. Tento evitar, tento não comprar, assim não tenho e não consumo mas é dificil... Já consigo não comer todos os dias e se como yogurte nesse dia não como queijo e insisto nos exercícios de cardio no ginásio para ver se dou cabo dessa gordura saturada toda, mas ainda me é um bocadinho dificil gerir.

 

Hoje consumo mesmo só queijo curado, nada de queijo fresco, nunca consumi, aliás provei a primeira vez há uns meses por muita insistência mas a higiene por mais limpinho que seja o local de origem (e neste caso eu sei que era por isso comi) é sempre duvidosa além disso o risco associado é enorme especialmente nesta altura do ano. Devia ser como os chocolates ferrero, simplesmente não havia à venda durante a estação quente... requeijão nada mesmo (e se eu adorava um belo requeijão com compota de pêssego) e por isso limito-me a queijo seco e yogurte grego simples, nada de aromas, nada de açúcares adicionados...

Foto: Fonte Pinterest

Autoria e outros dados (tags, etc)

Zankyou #3

26.08.16

Captura de ecrã 2016-08-25, às 12.28.40.png

E ontem foi dia de mais um destaque na Zankyou! Espreitem tudo aqui

Espero que gostem e que vos seja útil!

Autoria e outros dados (tags, etc)

alzheimer.jpg

Minha boa gente, hoje uso este meio para vos pedir, a todos sem excepção, que assinem uma petição com o objectivo de criar um estatuto de cuidador de alzheimer e outras demencias ou patologias neurodegenerativas associadas ao envelhecimento. Infelizmente, nenhum de nós está imune a ter que vivenciar, mais cedo ou mais tarde uma situação destas!

 

Já fora recolhidas mais de 7000 assinaturas, contudo em Portugal há mais de 182 mil pessoas com demência e ao lado de cada doente há pelo menos um cuidador informal. Portanto muitas vozes ainda não se fizeram ouvir, assinem esta petição e partilhem. Vamos recolher o maior numero da assinatura para esta causa que pode atingir qualquer família.

 

Cliquem aqui e não deixem de assinar! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Captura de ecrã 2016-08-03, às 11.07.44.png

Ainda que todos saibamos que 1.5L a 2L de água por dia são fundamentais para uma boa regulação do nosso organismo, ainda me cruzo com pessoas que me dizem “sim eu sei que devia mas eu não consigo, eu não gosto de água!. Bom, pessoas, que não gostem de carne de vaca, lombos de pescada, brócolos ou de batata assada eu entendo perfeitamente mas, de água?! A água por definição deve ser incolor, inodora e insípida, ora vai daí não há como não gostar porque não tem sabor...

 

Ultrapassada a desculpa do “não gosto” era sensato pensar que a água regula inúmeros sistemas do nosso organismo, favorece a manutenção da temperatura corporal, regula a pressão arterial, hidrata a pele e os órgãos internos, facilita a digestão, promove a regulação do trânsito intestinal... e podia continuar mas posto isto não me apetece. Já toda a gente está fartinha de saber que faz bem e se um potencial doente renal, um hipertenso, uma pessoa com tendência a fazer retenção líquidos não bebe água, regra geral (há as excepções e essas são casos clínicos mais sérios que não são para aqui chamados) é porque não quer.

 

Ah, claro que temos sempre a versão do “mas como é que queres que beba água se eu não tenho sede”... ora bem, nós somos animais racionais, não reagimos somente a estímulos e se sabemos que 1.5L a 2L de água por dia nos fazem bem, não temos que viver com uma campainha atrelada a mandar-nos beber água. Mas há hoje uma série de APPs que se ligam a garrafas de água todas XPTO e nos indicam a quantidade de água consumida... pois que assim seja se esse for o remédio, isso ou habituar o corpinho porque se o habituarem vão ver que depois não bebendo têm sede. Bom, mas vamos à parte simpática da questão, para os que “não gostam” de água, podem fazer águas aromatizadas, agora no Verão são um óptimo aliado e ajudam a eliminar toxinas do nosso organismo.

 

Deixo-vos três, a medida é sempre a mesma, 2L de água:

  1. adicionar um ramo de hortelã, duas rodelas de limão e duas rodelas de gengibre;
  2. adicionar uma rodela de abacaxi triturado com um ramo de hortelã;
  3. adicionar alguns frutos vermelhos esmagados como framboesas, mirtilos ou morangos por exemplo. Deixar durante a noite no frigorifico, ir bebendo ao longo do dia e... hidratemse, pela vossa saúde! 

Foto: Fonte Pinterest

Autoria e outros dados (tags, etc)

E se for uma receita simples, fresca, rica nutricionalmente e simples de fazer?!
Parece-vos bem para um recomeço de semana que para muitos é um retomar ao trabalho ainda com o pé nas férias?!
Óptimo, vamos a isto!

WP_20160713_001.jpg

Vi uma imagem (muitoooo parecida) no Instagram há uns tempos e decidi experimentar! Já por aqui falei dos benefícios do limão  e de receitas e mais receitas em que o limão, como tempero pouco convencional, pode dar um toque fabuloso aos pratos mais simples. De inicio fui um bocadinho resistente mas hoje confesso que adoro este aroma fresco! 

WP_20160713_20_53_32_Pro.jpg

A receita é simples... cozem massa, preferencialmente integral, em água (não é preciso adicionar sal, manteiga nem qualquer outro tempero... àgua a ferver, massa 7min a ferver e já está). Depois da massa cozida, escorram e passem de imediato por agua fria para ficar bem solta. 

 

Numa frigideira anti aderente juntem duas colheres de sopa de azeite, dois dentes de alho picados, bróculos cortados fininhos e pedaços de courgette. Deixem alourar (os bróculos vão ficar sempre ligeiramente mal cozidos, o objectivo é mesmo esse, só assim conservam todos os nutrientes nomeadamente o cálcio em que são tão ricos). Bom, depois dos legumes estarem alourados, juntam a massa, o sumo de meio limão, cortam meio limão em quatro, adicionam, mexem... temperam a gosto com pimenta e já está...

WP_20160713_20_54_12_Pro.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)



Contactos

us4all@sapo.pt

Também colaboro aqui


Sigam-me por aqui

Follow


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D