Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




legumes.jpg

Que o consumo de legumes é essencial a uma saúde de ferro, já sabemos, que a qualidade deve pesar na escolha, também não é novidade!!! Cá por casa há quase sempre legumes caseiros (somos uns sortudos eu sei) mas também comemos o que há em cada época... quando não há, ou uma ou outra coisa que o quintal não dê, procuro os biológicos da Biofrade porque os legumes sabem a eles próprios... e se a Biofrade não tem (ou não chega cá...) procuro os mercados locais onde ainda há pequenos agricultores que vendem o que genuinamente ainda se produz, em cada época do ano.

 

Grande parte dos legumes que por aí circulam, não cheiram nem sabem a coisa nenhuma, e têm uma durabilidade muito baixa! Mas mais do que a má qualidade, faz-me confusão a variedade de legumes pré-confeccionados que por ai pairam! Primeiro porque o sabor é genericamente mau, o aspecto é artificial e são muito caros! 

 

Há uns dias, num restaurante, lá apanhei esparregado quase verde alface... aquilo tinha ar de ser mais artificial, que o detergente da loiça com cheiro a limão... Depois disso fiquei curiosa de perceber a lista de ingredientes do dito..


Como de costume, peguei numa marca aleatoriamente, disponivel em qualquer supermercado e lá fui ler: 57% de espinafres, água, farinha de trigo, óleo de colza, amido de milho, sal, alho em pó, noz moscada, pimenta.

 

Se o esparregado é de espinafres, como é que apenas 57% da mistura são espinafres? Depois, o segundo ingrediente é àgua... logo, estão a pagar àgua a 5€/Kg e além disso o dito leva óleo de colza! Óleo de colza é normalmente usado na industria alimentar (na industria petrolifera também mas não me alongo não vão vocês desistir de ler já aqui...) misturado com outros alimentos de sabor intenso, porque tem um sabor pouco agradavél mas tem um processo de extracção barato, pelo que é usado em detrimento de outras gorduras de qualidade superior (nomeadamente o azeite...).

 

Não satisfeita com os 57% de espinafres  toca de ir vasculhar a tabela de nutricional:

Nutriente Quantidade (por 100g)
Energia 87.000 Kcal
Lípidos 5.6 g
dos quais saturados  0.40g
Hidratos de carbono 6.1g
dos quais açúcares 0.50g
Fibras 1.5g
Proteínas 2.4g
Sal 0.88g

 

Quase 1g de sal por 100g de produto! Considerando que no máximo devemos consumir até 5g/dia, basta uma colher deste esparregado e ficamos com 4g de sal para o resto do dia... que muito facilmente são ultrapassadas!

 

Mais uma vez, o faça você mesmo é bem melhor (e mais barato)! Por aqui a receita é muito simples...

 

Ingredientes: Duas mãos cheias de espinafres (ou nabiças), azeite, alho, farinha de trigo.

Modo de preparação:

Mergulhar os espinafres em agua a ferver durante 2min aproximadamente. Num tacho, aquecer duas colheres de sopa de azeite virgem, dois alhos picados e deixar o alho alourar. No final juntar os espinafres e envolver no azeite juntamente com uma colher de farinha de trigo. 

 

Simples, barato e muito mais saudável! 

 

Experimentem ;)

Autoria e outros dados (tags, etc)


13 comentários

Imagem de perfil

De Ana Gomes a 12.04.2016 às 08:39

Concordo contigo e adorava ter a hipotese de comer legumes frescos! Tenho sorte que tenho um tio que cultiva algumas coisas e nos da e eu aproveito para a sopa dos pequenos! 
Ha uns anos encontrei uma empresa que cultivava os legumes e vendia! Lembro-me de um dia num desses cabazes pedir morangos e quando senti o cheiro deles fez-me recuar ate a infancia! 
Pena que a empresa nao se tenha aguentado e acabou por fechar! Fiquei triste!
Imagem de perfil

De Us4all a 12.04.2016 às 08:52

Sim é dificil encontrar legumes de qualidade, fruta que saiba a fruta e legumes com qualidade e sabor e os que há são muito caros, por isso quem tem a possibilidade de recorrer a alguns produtores mais pequenos e mercados de bairro, é realmente um sortudo :)
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 12.04.2016 às 10:53

Ora nem mais! Fazemos nós, à nossa medida, muito mais saudável! =)
Imagem de perfil

De Us4all a 12.04.2016 às 10:58

sem dúvida, ainda há rótulos que me incomodam... e pessoas que compram convictas de que é mais saudável, isso é que me custa, mas bom aqui por estes lados faz-se o que se pode para esclarecer o povo ;)
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 12.04.2016 às 10:59

E fazes tu muito bem... Vou comer a minha maçã a meio da manhã para me manter saudável! =)
Imagem de perfil

De A rapariga do autocarro a 12.04.2016 às 16:20

Eu ando sempre a vasculhar os Rótulos dos alimentos! Como sou pitosga às vezes meto o meu marido no supermercado a ler a Lista de ingredientes toda!
Imagem de perfil

De Us4all a 12.04.2016 às 17:38

Tão bom! Isso é fundamental, e do ponto de vista da qualidade do alimento é muitas vezes mais importante a lista de ingredientes do que a tabela nutricional propriamente dita. Muita gente foca a atenção nas calorias e está a comer Kg de E's...
Qualquer dúvida, disponha, por aqui tentarei esclarecer.
Sem imagem de perfil

De Filomena Vitorino a 12.05.2016 às 11:23

Descobri hoje este blog e estou a adorar, já que também sou "maniaca" dos rótulos 
Confesso que com 3 filhos pequenos (um dos quais ainda bebé) voltei a recorrer a alguns pré-preparados, sendo o esparregado um deles. Isso e as saladas embaladas (andava a comprar alfaces mas sem tempo para as arranjar, lá iam parar às galinhas). Mas estou desejosa que o rebento mais novo atinja uma idade em que se distraia com os irmãos para voltar à comida "de verdade".
Imagem de perfil

De Us4all a 12.05.2016 às 11:34

Obrigada por me ler Filomena! Espero que se mantenha por cá :)
Com pequenada acredito que não seja simples... uma das coisas que faço quando não tenho tempo (eu não tenho filhos mas às vezes também me falta tempo... :)) é preparar em doses os legumes ao fim de semana e depois congelar por exemplo o alho francês já cortado, a courgette, a abóbora etc depois é só preparar, como são congelados acabam por perder alguma consistência e são mais rápidos de cozinhar... outra forma de ganhar tempo é deixar os tempero já pré preparados (http://us4all.blogs.sapo.pt/os-falsos-temperos-saudaveis-caldos-13883) assim tem sempre temperos saudáveis à mão... as saladas preparadas são uma boa opção se forem sempre bem lavadas antes de consumir... 

o melhor mesmo é sempre optar por "comida a sério" mas quando não se consegue há estes pequenos truques que nos ajudam a fazer escolhas mais saudáveis e claro ter a consciência do que consumimos é meio caminho para correr tudo pelo melhor! Ler os rótulos é fundamental! :)
Sem imagem de perfil

De Filomena Vitorino a 12.05.2016 às 17:07

Nem ao fim-de-semana consigo, o pai nesta época do ano trabalha imenso (é agricultor)!
Não uso esses "caldos" tenho sim uma quantidade de frascos e frasquinhos de especiarias . A parte pior para mim é mesmo arranjar as folhas verdes (para além da "seca" temos a questão do bebé a puxar-me pelas calças ou a querer colo)... o que faço é no fim-de-semana cozer uma leguminosa, que serve para a sopa de domingo e para congelar em doses individuais, no verão costumo preparar molho de tomate caseiro e congelo, o que facilita algumas refeições...
Imagem de perfil

De Us4all a 12.05.2016 às 18:11

mas com um "pai agricultor" tem a garantia de saber o que consome :) que bom...
também tenho muitos frascos e frasquinhos com especiarias aqui por casa e uso e abuso deles... quanto ao molho de tomate fiquei curiosa, pode partilhar a receita? 
Sem imagem de perfil

De Filomena Vitorino a 13.05.2016 às 10:48

A nossa produção é basicamente morangos, mas quer a minha sogra quer os meus pais têm sempre algo na horta, agora têm sido as nêsperas, centros e salsa, mais para a frente virão as alfaces, tomates, pimentos, eventualmente abóboras, chuchus, cebola, kiwis, couves, maracujás, romãs, citrinos...
O molho de tomate faço com alho, cebola, oregãos e outros temperos, faço logo uma panela de 2 L ou mais, depois trituro e coloco em sacos para congelar (também já conservei em frascos, com o método de "esterilização" a quente). Às vezes trituro o tomate a cru. No ano passado também fiz ketchup caseiro, desidratei tomates cherry no forno (alguns conservei a seco, outros em azeite, outros triturei com alho e cebola também desidratados e fiquei com um tempero). O pimento asso e congelo assado. Num ano destes que tive muitas romãs congelei o sumo das ditas. 
Mas tudo isto requer o seu tempo de preparação, não é fácil agora com o baby R.
Imagem de perfil

De Us4all a 13.05.2016 às 11:01

Vou experimentar o molho de tomate... eu adoro tomate e é extremamente saudável mas realmente é dificil conservar. Costumo congelar em altura devida mas com o tempo acaba por perder sabor, cor e propriedades inevitavelmente mas assim conservado em azeite parece-me muito bem ;)
Muito obrigada pela partilha Filomena! Acredito que essa logistica com um mini em casa não seja fácil mas ele será grato um dia por ter uma alimentação saudável :)

comentar post




Contactos

us4all@sapo.pt

Também colaboro aqui


Sigam-me por aqui

Follow


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D