Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




hope.jpg

 

Em Portugal os cancros mais frequentes são mama, próstata, cólon, pulmão e estômago, estes representam 51,3% das mortes por cancro no país. 

Em 2010, 17% das mortes permaturas (abaixo de 70 anos) foram devidas a doença oncológica, em 2013, 24% tiveram a mesma causa. Os números estão, infelizmente a aumentar. As causas apontadas são múltiplas e acredita-se cada vez mais que não se deve nunca apenas a um factor, mas a um conjunto deles.

No que à alimentação diz respeito, há uma relação provada (calma, não vou falar mal da carne vermelha, podem continuar a ler) entre maus hábitos alimentares nos adultos e risco aumentado de contrair a doença. Estima-se que:

  • 5% dos novos casos se devam a maus hábitos alimentares;
  • 5% se devam a actividade física insuficiente;
  • 20% dos cancros são diagnosticados em obesos ou pessoas com excesso de peso.

Se não podemos controlar o factor genético, se temos pouco controlo sobre o meio em que estamos inseridos, pelo menos, enquanto é tempo, mudemos o nosso estilo de vida, não façamos dieta, mas sim uma alimentação consciente e de qualidade!

Para todos quantos lutam, que este seja um dia de esperança renovada, de força e de muita coragem para darem cabo do bicho papão num instante!

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Imagem de perfil

De Inês a 04.02.2016 às 15:23

A minha alimentação acho que não consigo mudar...mas a as minhas filhas vou tentar!
Imagem de perfil

De Us4all a 04.02.2016 às 15:45

As mudanças têm que ser graduais Inês, vai ver que aos poucos consegue substituir alguns alimentos menos saudáveis em alimentos mais benéficos!  Se puder de alguma forma colaborar consigo nestas mudanças terei todo o gosto em esclarecer qualquer dúvida. 
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 04.02.2016 às 15:28

Realmente é muito importante ter uma alimentação equilibrada, por vezes as pessoas só pensam em emagrecer e esquecem o mais importante.
Imagem de perfil

De Us4all a 04.02.2016 às 15:48

É mesmo isso Chic'Ana, as vezes é tanta preocupação com calorias e tão pouca com as listas de ingredientes cheias de corantes, conservantes e outras tantas coisas que nem sabemos o que são. É importante recorrermos cada vez mais a vegetais, fruta, alimentos de qualidade e abandonar-mos os alimentos processados, ricos em sal açúcar, gorduras nocivas...
São mudanças graduais que podem fazer a diferença!
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 04.02.2016 às 15:54

Confesso que também não constituo um bom exemplo, mas ao longo do tempo tenho feito por mudar a minha alimentação.
Imagem de perfil

De Us4all a 04.02.2016 às 16:46

é aos bocadinhos, as mudanças radicais regra geral dão asneira porque depois as pessoas não conseguem cumprir
deve ser uma mudança de hábitos e não uma decisão pontual 
se é aos poucos, esse é o caminho 

comentar post




Contactos

us4all@sapo.pt

Também colaboro aqui


Sigam-me por aqui

Follow


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D