Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




221215 cozinha.jpg

 Natal é sinónimo de cozinhas cheias, de gente, de muita coisa ao mesmo tempo para fazer e de alguns descuidos.

 

Não raras vezes, nestas alturas de maior "azáfama" as comuns indisposições, intoxicações alimentares, e demais maleitas deste género, atacam em força.

Há gestos simples que podem evitar alguns problemas futuros. Estima-se que, nas cozinhas domésticas haja três vezes mais contaminações de alimentos que em cantinas e restaurantes. Só a nível Europeu, 95% das doenças de origem alimentar, estão relacionadas com a preparação de alimentos em casa por isso atenção na hora de nos agarrarmos aos tachos minha gente!


Aqui vão algumas dicas para contrariar essas situações:

  1. sempre que possível evitem ter animais domésticos a circular na cozinha;
  2. sempre que possível, evitem ter roupa suja acumulada na cozinha, mesmo que a máquina de lavar esteja na cozinha, transportem a roupa apenas quando a pretendem lavar;
  3. entre os lugares mais comuns para acumular bicharada indesejável para a nossa saúde estão as esponjas de cozinha, panos de cozinha, puxadores das portas e do frigorífico, por isso lavem frequentemente os esfregões a quente e com detergente e deixem-nos secar ao ar, não os guardem em caixas fechadinhas e arrumadinhas, que a humidade e o quentinho da cozinha são uma maravilha para a bicharada. Em relação aos puxadores, limpem os mesmos frequentemente com àgua e detergente.
  4. sempre que estejam a confeccionar alimentos crus e cozinhados, por exemplo, a preparar fruta e legumes e a preparar carne ou peixe, optem primeiro por preparar os alimentos que vão ser consumidos crus, depois limpem com água quente e detergente a bancada e depois preparem os alimentos que vão ser consumidos cozinhados, ou o contrário, mas nunca preparem tudo em simultâneo na mesma bancada. Se tiverem várias bancadas, claro que não há qualquer problema de uma pessoa estar numa bancada e outra noutra, a preparar alimentos diferentes. É só uma questão de organização e planeamento na hora de ir para a cozinha. tabuas.jpg
  5. outro pequeno cuidado que devem ter, é nunca usar a mesma tábua de cozinha para fruta e vegetais (que normalmente são consumidos crus) e para carne e peixe. escolham duas tábuas diferentes, ou iguais e arranjem forma de as assinalar, e uma passa a ser a tábua do peixe e da carne e a outra a dos legumes e da fruta. Aqui por casa temos estas, assim é simples sabermos qual é qual :) As tábuas por mais bem limpas que nos pareçam, acabam sempre por acumular bactérias nas pequenas fissuras que vão surgindo com o uso, por isso nada como separar alimentos e cuidar da nossa saúde!

São pequenos gestos que nos podem poupar algumas dores de barriga (literalmente)!

Boas Festas com óptimos petiscos!!!

Foto: Fonte Pinterest

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Contactos

us4all@sapo.pt

Também colaboro aqui


Sigam-me por aqui

Follow


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D