Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Captura de ecrã 2015-12-28, às 18.17.10.png

Sabiam que são inúmeros os benefícios da alimentação com picante!? A gastronomia de certas regiões do globo usa e abusa do picante e aqui por estes lados nem sempre estamos habituados a consumir alimentos com esta intensidade de sabor!


Algumas das vantagens descritas em estudos científicos são emagrecimento, optimização do desempenho do músculo esquelético, redução da inflamação crónica e prevenção da síndrome metabólica e diabetes. Alguns constituintes das especiarias picantes estão ainda relacionados com a prevenção de cancro, uma vez que actuam beneficamente sobre factores nucleares pró-inflamatórios e pró-cancerígenos.


Como qualquer alimento, o picante tem que ser consumido com moderação, no entanto estudos indicam-nos que o balanço é positivo, quando "pesamos" os prós e os contras de uma dieta rica nestes produtos. Uma dieta rica em picante, além de um controlo da ingestão de calorias e da prática regular de exercício físico, é um bom aliado na prevenção e controle de muitas doenças crônicas.

 

E falando em picantes, aqui em casa tivemos uma era pré Hotuga, onde usavamos apenas piri-piri produzido em casa e pimenta que comprávamos em grão e picávamos na hora para podermos conservar ao máximo o sabor. E agora vivemos na era, pós Hotuga! É uma marca portuguesa que tem coisas tão mas tão boas! Além disso é muito à nossa medida em termos de principios e de rótulo! Tem um sabor fantástico, usa ingredientes de qualidade, sem corantes e conservantes adicionados, respeita a natureza e é português.


Deixo-vos um bocadinho da história desta empresa que promete aquecer muitos palatos!!! Como fã incondicional dos produtos deles, a gama aumenta e eu rendo-me a cada novo sabor que me vai chegando, resolvi pedir ao P. para me dar uma ideia de como a marca surgiu, para que os leitores a possam ficar a conhecer um pouco melhor e aqui vai o que saiu:  

 

US: Como surgiu a ideia/marca?
Hotuga: A ideia partiu da paixão por especiarias e condimentos, especialmente os picantes, e, pelo facto de não existirem no mercado artigos que nos agradassem nem na intensidade (a generalidade é muito subtil) nem na qualidade (a maior parte deles apenas leva extracto e não o próprio fruto). Eu e o Ricardo (que entretanto abandonou o projecto e abriu um escritório de advocacia) fomos tendo várias conversas acerca do assunto numa formação de "gestão do seu próprio negócio" e achámos que poderia ser um nicho de mercado interessante pois, tal como nós, os portugueses apreciam um bom picante. Comprámos uma estufa, sementes, substratos, adubos (todos orgânicos), etc... Germinámos as plantas em casa nos meses de fevereiro, março e transplantámos as plantas para vasos maiores, na estufa, em abril. Depois deixámos a natureza seguir o seu curso... Quando começámos a colher a fruta apercebemo-nos que existia uma variedade quase infindável de utilizações culinárias desde molhos a rebuçados, sobremesas a infusões, sopas, pickles, geleias, etc. Como a maior parte dos hot peppers era extremamente picante, nos molhos, cortámos um pouco com a adição de fruta natural (com um acréscimo para o palato no que diz respeito ao produto final). Ficámos então com um produto sem extractos de qualquer espécie, só com fruta e especiarias (até o vinagre utilizado é de fruta), embora não tenhamos conseguido fugir à utilização de sal e açúcar (mas o sal usado é o sal rosa dos Himalaias e o açúcar é mascavado). Já temos também como produtos sal (marinho tradicional da ilha da Murraceira) com chili flakes, chili flakes, azeite com alho, alecrim e hot pepper, etc.

 

US: E como podemos comprar estas hot e saúdaveis delícias?
Hotuga: Para já apenas se pode encomendar na página, por mensagem privada, mas estamos a trabalhar no sentido de, em breve, ter um site próprio e avançar com um projecto mais sólido para podermos apresentar uma candidatura a fundos europeus. Vamos ver como é que corre...

 

US: E os próximos passos?
Hotuga: Basicamente os nossos produtos foram tratados e acarinhados por nós desde a semente, sem recorrer a qualquer tipo de maquinaria industrial, com uma grande preocupação ambiental e com uma produção completamente artesanal obtendo produtos de qualidade que não se encontram à venda em nenhuma loja ou supermercado. Como é natural ainda temos muito para melhorar e contamos com as opiniões e críticas construtivas da parte dos consumidores pois o poder final está sempre do lado deles e é assim que deve ser. Visite a nossa página no Facebook e veja por si! Atrevam-se a experimentar...


Aqui por casa estamos fãs do Chili Flakes, numa massada de peixe por exemplo, basta-nos colocar meia colher de café e o sabor é natural, intenso, delicioso... ah e os molhos, bem os molhos são de comer e chorar por mais (literalmente que há alguns que nos levam às lágrimas) O Scorpion Bite por exemplo, é adocicado mas tem aquela intensidade de picante q.b. Delicioso para acompanhar peixe ou carne grelhada, nachos com queijo ou... ou o que a imaginação vos deixar, nós estamos rendidos! Experimentem!

À Hotuga desejo os maiores sucessos e continuem por muitos anos a aquecer os portugueses e além fronteiras :)

 

Aos leitores, bons petiscos... picantes q.b.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Contactos

us4all@sapo.pt

Também colaboro aqui


Sigam-me por aqui

Follow


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D