Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Captura de ecrã 2016-01-17, às 14.43.50.png

Sobre o sal e as 5g/dia que não devemos ultrapassar vamos cá dar umas dicas simples e práticas para reduzir!!!

A palavra de ordem é cortar, usar no que é estritamente necessário! Substituir sempre que possível por ingredientes mais saudáveis, menos nocivos para a nossa saúde!

É verdade que uma alimentação equilibrada inclui legumes, fruta, leguminosas, carne, peixe... enfim de tudo um pouco!

É verdade também que, quase todos os pratos, em casa e fora dela, podem ser acompanhados por saladas das mais variadas. E assim deve ser! Mas o erro está na forma como a temperamos.

Se por um lado nos esforçamos por consumir saladas quase diariamente, depois muitas vezes estragamos tudo com os temperos!

O tempero tradicional de uma salada, seja ela de alface, tomate, rúcula... é quase sempre azeite, vinagre e sal. 

É assustador chegar a um restaurante, pedir qualquer coisa com salada e ver as pedras de sal grosso brilhar no cimo da travessa!

Nos restaurantes podem optar por salada sem tempero e depois na mesa temperarem a gosto com azeite e vinagre.

 

Em casa podem e devem substituir o sal . Aqui vão algumas dicas:

  • Salada de alface, rúcula, agrião, cebola, couve-roxa... uma excelente opção é adicionar umas folhas de hortelã picada. Temperem normalmente com azeite virgem, ou só azeite se assim preferire, e depois misturem bem com a hortelã picada. É fresco e delicioso!
  • Salada de tomate... uma óptima opção de tempero é azeite e oregãos... deliciosos e cheios de sabor! 
  • Salada de beterraba... uma óptima opção é cozer a beterraba aos cubos, temperar com um fio de azeite e coentros picados, umas gotas de limão e podem manter este pitéu no frigorífico durante uma semana e ir consumindo! Fantástico, nutritivo e cheio de sabor!

O cebolinho picado é também uma excelente opção em qualquer salada mais convencional. De sabor intenso e muito caracterísrtico é uma excelente forma de substituir o sal!

Uma outra opção no tempero das saladas, é misturar algumas frutas frescas, ou secas, nomeadamente maçã cortada bem fininha, abacaxi, algumas passas de uva, nozes, avelãs, amendoa laminada...

Agora com estas dicas rápidas, simples e baratas, usem e abusem das ervas aromáticas, dos frutos secos, da fruta fresca e da época e de algumas frutas tropicais como o abacate por exemplo, que acompanha de forma fantástica com saladas de alface e rúcula por exemplo, e esqueçam o sal nas saladas, pela vossa saúde!

Não custa nada, é só uma questão de educação do paladar e de imaginação!

 

Foto: Fonte Pinterest

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De Inês a 18.01.2016 às 17:43

É a única coisa que faço bem!
Imagem de perfil

De Us4all a 18.01.2016 às 19:41

 tão bom! Haverá muitas mais seguramente! Ao longo da semana vou dar mais dicas para substituir e reduzir o consumo... espero que goste e acima de tudo que proporcione algumas boas mudanças se for necessário :)

comentar post




Contactos

us4all@sapo.pt

Também colaboro aqui


Sigam-me por aqui

Follow


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D