Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




eat good.jpeg

Vamos por partes, uma dieta é aquilo que ingerimos diariamente, que faz parte da nossa rotina alimentar, não é isso que falsamente por aí é transmitido como um periodo de restrição calórica, de hidratos de carbono, de proteínas etc... 

Uma dieta é a forma como nos alimentamos e que se deve reger por principios básicos de equilibrio e respeito pelo nosso corpo. Posto isto, é importante que tenham em conta uma meia duzia de coisas se estão desesperados e querem em meses perder aqueles quilos a mais...

  1. ter a consciência do que somos enquanto Homem... somos omnívoros e isso significa que consumimos "quase" tudo (o que a natureza nos dá, já lá vamos...);

  2. uma dieta equilibrada supõe a ingestão diária de um conjunto de nutrientes e por isso quando as pessoas optam por consumir uns alimentos em detrimento de outros, estão, de forma mais ou menos grave a lesar o organismo;

  3. não somos todos atletas de alta competição por isso cuidado com os suplementos alimentares e nunca os tomem sem acompanhamento médico;

  4. não se lembrem só de comer legumes na véspera de ir de férias; o equilibrio nutricional e a ingestão diária de legumes e fruta não serve para emagrecer, serve para nos mantermos saudáveis;

  5. uma dieta equilibrada sem exercício físico é como vá... é um sacrificio um bocadinho em vão;

  6. mas, uma dieta desiquilibrada e sem exercício, isso é um passaporte para uma perda gradual de qualidade de vida;

  7. não há milagres minha gente, e escusam de beber água com limão de manhã, à tarde e à noite, escusam de fazer a dieta da beringela, da beterrabam, dos líquidos, dos batidos detox, do chá de não sei o quê... escusam de passar por essa privação toda que muitas vezes acaba a uma mesa a devorar tudo o que aparece à frente, porque nenhum organismo resiste a tanta restrição; e claro, se tiverem que restingir alguma coisa que seja o que vos faz mal, e faz sempre mal: alimentos processados (a maioria das bolachas, molhos pré-feitos, comida pré-cozinhada, fast food, carne processada, como enchidos por exemplo, fumados, todas as gorduras trans, alimentos salgados, alimentos com açúcar adicionado...);

  8. ainda há muito que podem comer se retirarem estes alimentos todos, comprem os ingredientes, façam em casa pizzas, hamburguers... o que vos apetecer, mas façam... o que compram feito, regra geral tem grandes quantidades de sal, açúcar, gorduras... e muitos E's de brinde; priviligiem o que é natural, os legumes, a fruta, as leguminosas, a carne (pouca), o peixe (com conta peso e medida);

  9. respeitem diariamente o vosso organismo. Sigam o que por aqui se disse há uns tempos e o que vamos lembrando quase diariamente e mexam-se mas a sério... mexam-se mesmo, pela vossa saúde!

    Foto: Fonte Pinterest

Autoria e outros dados (tags, etc)


20 comentários

Imagem de perfil

De Chic'Ana a 27.04.2016 às 09:39

Gostei imenso deste artigo e concordo em absoluto. Comer de tudo, em poucas quantidades e do mais variado possível, sempre com algum exercício físico!
beijinhos
Imagem de perfil

De Us4all a 27.04.2016 às 10:26

nem mais :) e ao longo de todo o ano, não só ali quando já está tudo com o pé na areia 
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 27.04.2016 às 10:29

NA piscina nota-se claramente uma enchente a partir de Abril! =)
Imagem de perfil

De Us4all a 27.04.2016 às 11:30

é em todo o lado, muitas pessoas fazem a asneira toda no Inverno e esquece-se que o corpo precisa de exercício regular, diário vá.. e não só quando chega o Verão :) e alimentação, e descanso e equilibrio... e boas rotinas de sono :)
Imagem de perfil

De Catarina a 27.04.2016 às 10:03

Só uma correcçãozinha: é omnívoro.


Quanto ao post , muito bem escrito. Infelizmente ainda existe muita boa gente a achar que fazer dieta no mês antes das férias é solução para algum problema, não tendo noção dos danos que podem causar ao organismo. E nem vou falar na mania da toma de suplementos... Comam masé alimentos proteicos (principalmente legumes), devidamente conjugados e ireis ver melhores resultados
Imagem de perfil

De Us4all a 27.04.2016 às 10:28

Muito obrigada pela correcção Catarina ;) e pelo comentário. É isso mesmo, a alimentação, sendo equilibrada e com regra, pode e deve dar-nos tudo o que necessitamos! É assustador a facilidade com que esses suplementos são vendidos e a leviandade com que muitos treinadores e PT's e funcionários de toda e qualquer loja, recomendam como se de repente isso fosse a solução de todos os problemas. Perigoso mesmo e carece de regulamentação urgente sob pena de danos maiores para a saúde dos portugueses.
Imagem de perfil

De Catarina a 27.04.2016 às 10:44

De nada :)
O meu irmão é atleta e eu sei a pressão que existe em torno dos suplementos. Felizmente, ele não se deixou levar e prefere continuar a conciliar os treinos com ginásio e uma alimentação (relativamente) saudável. E eu sei que existe miúdos mais novos que ele a tomar suplementos, por isso acho que só maiores de 18 é que podem tomar ou então com prescrição médica (que não sei se o fazem).<br />E isto para não falar na conjugações alimentares que fazem. Há muitos "healthy" bloggers que tiram fotos ao que comem e é sempre a mesma coisa, os mesmos vegetais, a mesma fruta... So boring
Imagem de perfil

De Us4all a 27.04.2016 às 11:25

pois... e isso não é saudável, além disso claro, os miudos são mais vulneráveis e sem controlo podem lesar gravemente o fígado e os rins principalmente.
Imagem de perfil

De Us4all a 03.05.2016 às 10:24

Muito obrigada! Partilhei no fb para que chegue ao máximo de pessoas possivel! Infelizmente é tão verdade, que cada vez mais, a troco de interesses económicos, pessoas "vendam" suplementos, sugestões, tudo mas mais assustador ainda é ver técnicos de saúde, nomeadamente nutricionistas, a apelar ao consumo desses mesmos suplementos! 
Imagem de perfil

De M&Ms a 27.04.2016 às 10:43

Concordo plenamente! Comecei no início deste ano a fazer uma dieta saudável...o que fiz foi substituir 5 refeições do jantar por sopa + salada de legumes + salada de fruta, diminuir os fritos, aumentar a quantidade de fruta e legumes, não comer tantos doces. Não bani nada da minha alimentação, apenas passou a ser uma preferência. E já me habituei de tal maneira, que mesmo quando vou jantar fora já não tenho barriga para grandes refeições Image 
Imagem de perfil

De Us4all a 27.04.2016 às 11:28

Isso é tão bom M&M Image
É sem dúvida uma questão de regra, de educação se quisermos chamar. O nosso corpo reage de forma extraordinariamente perfeita ao que lhe damos, por isso devemos dar-lhe o que ele precisa para ser saudável, muitos legumes, muita fruta, nada (ou quase) de alimentos processados, açucarados, transformados... optar pelo que é natural porque foi assim que, durante milhares de anos evoluimos. Não podemos agora querer mudar tudo, com o boom da industria alimentar transformada, ou melhor, poder até podemos, mas correrá mal seguramente.
Imagem de perfil

De saracasticamente a 27.04.2016 às 14:17

Eu confesso que na parte da alimentação sou um desastre, mas estou a tentar compensar com o exercício! Baby steps... 
Imagem de perfil

De Us4all a 27.04.2016 às 14:45

Tem que ser uma mudança gradual, do dia para a noite dá asneira. O exercício deve complementar a dieta, e a dieta deve complementar o exercicio. Actualmente vivemos numa sociedade dificil para quem quer manter bons hábitos alimentares, o mais disponivel são alimentos de menor qualidade na maioria dos casos, mas aos poucos e com boa vontade toda a gente consegue :) Por aqui podes ir seguindo algumas dicas, espero que ajudem na mudança :)
Imagem de perfil

De saracasticamente a 27.04.2016 às 19:02

Eu retirei os hidratos de carbono à noite por exemplo. Mas ao fim de semana não consigo cumprir a dieta!
Imagem de perfil

De Us4all a 27.04.2016 às 22:52

desde que o pecado seja pequeno e bem compensado com exercicio fisico não vem daí mal ao mundo :) e mesmo que ainda não consigas um cumprimento pleno de bons principios de vida saudavel, antes de mais, é importante o equilibrio e depois é com o tempo e com pequenos passos que conseguimos chegar mais longe... em tudo na vida e na adopção de estilos de vida saudáveis não é excepção
Imagem de perfil

De saracasticamente a 27.04.2016 às 23:01

Nem sempre é muito equilibrado! E como muitos doces, não consigo abdicar dos doces!
Imagem de perfil

De Us4all a 28.04.2016 às 08:50

Devagar e gradual, assim se querem as mudanças para que sejam duradouras Image
Imagem de perfil

De rita a 27.04.2016 às 16:10

As verdades são para ser ditas e às vezes queres respostas milagrosas mas a verdade é simples: as "dietas" são apenas bons hábitos alimentares repetidos diariamente, a vida toda! Cada vez mais sigo a regra: comer coisas ao natural, não comprar feito, simplificar a marmita, apostar na fruta e nos vegetais e, se for para pecar, uma dentada basta e no dia seguinte voltar à vida normal!
Como tudo na vida, há altos e baixos nesta jornada de ser mais saudável mas cada vez mais acho que não deve existir a privação total nem o descalabro total. Acredito muito mais na regra dos 80% saudável 20% a comer menos bem:  encontramos o equilíbrio a fazer um bocadinho de tudo - desde que o nosso corpo se sinta forte e saudável!
A verdade não é milagrosa mas ao longo do tempo faz milagres!!
Imagem de perfil

De Us4all a 27.04.2016 às 16:49

É exactamente isso Rita! Não descreveria melhor o meu processo de mudança, apesar de sempre ter sido habituada a comer comida saudavel, cometi, por minha conta e risco, algumas asneiras, e desde que tomei consciência do meu corpo e das minhas necessidades, tudo foi mais simples. E claro, marmita sempre :) 

comentar post



Mundo Us4all

foto do autor


Contactos

us4all@sapo.pt

Também colaboro aqui


Sigam-me por aqui

Follow


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D