Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



WP_20170214_10_20_57_Pro.jpg

 

Nunca saí de casa sem pequeno - almoço, a verdade é que durante muitos anos era um sacrificio comer. Fazia-o porque era obrigada (e ainda bem, thanks family ) mas a verdade é que não me apetecia e eu era pessoa de bom alimento, aliás sempre fui. O facto de não ter fome se prendia com o ritmo de vida que tinha. Sempre me levantei com tempo suficiente para comer sentada à mesa, aliás eu e todos lá por casa mas o tempo que demorava a despertar não era suficiente, isto é, devia levantar-me mais cedo. Este erro continuou durante muitos anos, continuava a comer mas apenas pela consciência de que era determinante para o meu bem estar físico e emocional. Uma tomada de consciência progressiva do meu corpo e do meu estilo de vida, levou-me a fazer algumas alterações.

 

Hoje levantamo-nos sempre contando com 1 hora para pequeno-almoço, não estamos 1 hora a comer como é evidente, longe disso mas dispensamos mais ou menos o mesmo tempo ao pequeno-almoço e ao jantar, isso dá tempo de despertar tranquilamente, sem correrias, com tempo para pensar no que queremos comer e fazer as escolhas respeitando as necessidades do nosso organismo, porque elas mudam de dia para dia por isso todos os dias são diferentes, porque se não almoçamos e jantamos sempre o mesmo, não é razoavel e muito menos saudável, tomar sempre o mesmo pequeno-almoço.

Deixo previamente preparadas panquecas, ou ingredientes para papas. Há sempre uma enorme variedade de sementes e frutos secos e nunca falta fruta da época cá por casa. Há mel, manteiga de amendoim, café, àgua (muitas vezes aromatizada com limão), há chás, muitos e de muitas origens, com cheiros bons e sabores melhores... há tempo! Assim garantimos o aporte nutricional necessário às primeiras horas da manhã, garantimos acima de tudo que, a refeição mais importante do dia é tomada calma e tranquilamente sentados e que temos tempo para tudo sem a pressão do relógio matinal.

 

E sabe tão bem... E por aí? Muita correria matinal ou muito respeito pelo corpo e pelos ritmos de cada um?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Stocksy_herbal-tea_22573-577192ff5f9b585875ea7b22.

 

Nos últimos dias tem sido um tal desfilar de lamentos de constipações e estados gripais por essa blogosfera, que decidi tomar medidas (sim, não vá isto pegar-se que nunca se sabe) :) 

 

Aqui em casa atiramo-nos sem dó nem piedade ao gengibre, aos kiwis, às laranjas e aos limões (tudo caseirinho, uma maravilha) e claro, muito pólen de abelha.

 

Tudo junto dá um mix perfeito anti constipações que, até agora tem resultado! 

 

E como é que damos cabo deste mix de alimentos que parecem nada ter a ver uns com os outros?!? Simples, enquanto há fruta caseira não se compra, o que significa que durante a estação mais fria só comemos exclusivamente laranjas, tangerinas e kiwis. É o que há, é de época e por isso é o que o nosso organismo necessita, de outra forma a Natureza não nos daria esta fruta nesta altura.


Quanto ao gengibre, fazemos chá, com uma rodela de gengibre, uma rodela de limão e um pau de canela (é só maravilhoso e ainda auxilia na remoção de gordura abdominal, isto considerando que se tem um estilo de vida saudavel e uma actividade física regular é claro). Usamos também em água aromatizada, fica DELICIOSO e para tempero, uma rodela picada para temperar arroz de peixe (anda por aí receita), nesta altura do ano em que não há tomate (o que há não é de qualidade porque não é de época) é óptimo juntamente com um pouco de caril, açafrão e mel para substituir o tempero mais tradicional.

 

E o pólen? Bem esse funciona mais como "medicamento natural" do que outra coisa. As vezes vai só diluido num copo de água (não é agradavel mas são 3 seg de mau estar, prefiro isso a 15 dias de constipação); também adiciono às papas de aveia (ai fica bem bom) e podem colocar em iogurtes por exemplo.

 

E pronto ai está o mix anti-constipação cá de casa :) 
Foto: Fonte Pinterest

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

0326c6f6cae20ba9614dda43b974622a.jpg

Durante alguns anos achava que não gostava de vinho tinto, só branco fresquinho ou cerveja... Ouvi vezes sem conta "prova só, nunca provaste vinho bom" (e era verdade )... aos poucos a coisa lá se foi dando, com dedicação de um bom apreciador que me foi dando a provar belos rótulos. Hoje gosto e muito de apreciar um bom vinho... e mesmo em saidas nocturnas, podendo beber um bom vinho dispenso bebidas mais agressivas e nocivas. 

 

Ora não é só porque gosto, porque se assim fosse.... xuxus eu adoro queijo e mal lhe toco, eu gosto de um bom prato italiano com natas e tudo a que tenho direito mas nem vê-lo... não, não é só porque gosto que consumo, é porque faz realmente bem à saúde.

 

Ora vejamos uma bela meia duzia de razões que justificam 1 copo de vinho à refeição:

  1. Auxilia no processo de redução do colesterol, graças à presença de resveratrol;
  2. Tem um efeito protector dos nossos vasos sanguineos, graças à presença de vitamina E;
  3. É um antioxidante natural por isso é fundamental na prevenção de problemas oncológicos;
  4. Ajuda a combater o cansaço, graças à presença do resveratrol (deve ser por isso que me sabe pela vida um copo de bom vinho à sexta-feira à noite);
  5. Dá-nos uma sensação de bem estar, graças à libertação de endorfinas (bebido com moderação, sim?!);
  6. Ajuda a combater o excesso de peso, porque tem uma acção importante sobre as células de gordura.

Só boas razões! Mas claro, tudo isto integrado numa dieta saudável e com uma actividade física regular!

Foto: Fonte Pinterest

Autoria e outros dados (tags, etc)

O tinto da paz

20.01.17

de43250fa0755789b906cf730abf2546.jpg

 

Que o consumo moderado de vinho tinto faz bem à saúde já houvimos dizer. Que os amigos fazem bem à saúde, todos sabemos. Que hoje é sexta-feira e que qualquer sexta-feira faz bem à saúde, também não é novidade.

 

Há já algum tempo (vai para anos, e que anos...) numa grupeta de amigos do , instituimos o "tinto da paz" e o que é isto? Para mim é a receita para muitos males, sabe pela vida, é mais do que um serão bem passado, um momento de partilha, de desligar, de sermos nós mesmos, de pijama (que horror, receber amigos de pijama), fato de treino ou com o cabelo apanhado num qualquer carrapito super estiloso (só que não)... é um serão, ora em casa de uns, ora em casa de outros, em que abrimos uma garrafa de (bom) vinho e conversamos sem fim, sem filtros. Em que nos rimos, e nos lamentamos na mesma conversa, em que esquecemos que há mundo lá fora e durante o tempo em que a garrafa durar somos só nós, alguma música de fundo (às vezes, porque há dias que a conversa está tão boa que nem nos lembramos da música) e um copo.

 

E assim se faz um dos serões mais perfeitos (e económicos) que conheço!

 

Hoje é dia de tinto da paz, hoje é dia de amigos, hoje é um dia bom!

E por aí, têm rotinas destas (ou outras) boas e que queiram partilhar?! 

 

Bom fim de semana minha boa gente!

Foto: Fonte Pinterest

Autoria e outros dados (tags, etc)

Recomeçar

20.01.17

bad0fd7719f25a52b9e6157e4fbfed09.jpg

Há quase 1 mês sem escrever  e os melhores leitores, fieis e presentes! As visualizações mantêm-se e o facebook e o instagram continuam a crescer! Obrigada, muito muito obrigada!!! 

Ainda vou a tempo de vos desejar um bom ano?! Então que seja um ano fantástico, aqui será um ano de muitas novidades!

De volta e com muita vontade de continuar a crescer convosco diariamente! E cheia de novidades ora fiquem atentos!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Contactos

us4all@sapo.pt

Também colaboro aqui


Sigam-me por aqui

Follow


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D